Oi vai levar energia renovável para 100% das operações em dois anos

Oi vai levar energia renovável para 100% das operações em dois anos

Circe Bonatelli

04 de dezembro de 2020 | 05h10

 

Usina solar em Jaíba (MG) atende operações da Oi. Crédito do foto: Divulgação Oi/Faro Energy

A Oi, em recuperação judicial, pretende se tornar referência no uso de energia renovável dentro do setor de telecomunicações. A empresa definiu a meta de, em dois anos, ter 100% de toda a operação abastecida por fontes renováveis. O grupo vai encerrar 2020 com o patamar de 60% já alcançado. Pelos cálculos da tele, o movimento gerou economia de R$ 400 milhões com energia elétrica no ano.

Lugar ao sol. Na iniciativa mais recente, a Oi fechou parceria com a Faro Energy para uso de energia solar nas operações em Minas Gerais. A Faro Energy inaugurou duas usinas nas cidades mineiras de Janaúba e Jaíba, com investimento de R$ 45 milhões e capacidade de geração de mais de 21 Gwh por ano.

Mais limpo. Essas usinas vão atender 1,9 mil unidades consumidoras da operadora, como torres, antenas, estações, lojas e escritórios. Elas também evitarão a emissão de mais de 7 mil toneladas de gás carbônico na atmosfera por ano, o equivalente ao plantio de aproximadamente 43 mil árvores.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 03/12/2020 às 12:05

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse
http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Oienergia renovávelusina solar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.