Órigo Energia mira economia de ‘pequenas’ para dobrar de tamanho em 2019

Órigo Energia mira economia de ‘pequenas’ para dobrar de tamanho em 2019

Coluna do Broadcast

03 de março de 2019 | 04h00

O crescente interesse de pequenas e médias empresas na energia solar como alternativa para economizar com custos de luz levou a Órigo Energia a planejar mais que dobrar sua capacidade instalada. Para dar tal passo, vai investir mais de R$ 100 milhões que visam a possibilitar duplicar sua base de clientes. A empresa possui atualmente quatro fazendas solares em Minas Gerais e quer construir mais cinco neste ano. Cada fazenda conta com investimento aproximado de R$ 25 milhões, com cerca de 20 mil painéis solares e é capaz de gerar 5 MW ao mês.

Aluga-se. A Órigo Energia trabalha com o modelo de negócios em que consumidores fazem a assinatura mensal de um lote de painéis da fazenda solar. O volume de energia produzido em cada lote alugado é descontado ao fim do mês na conta de energia do cliente. Na primeira fazenda solar instalada pela Órigo, no município mineiro de João Pinheiro, a economia gerada em 2018 na conta de luz dos clientes foi de um total de R$ 230 mil. (Luciana Collet)

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

energia