Paper Excellence vai recorrer para barrar emissão de bônus da Eldorado

Paper Excellence vai recorrer para barrar emissão de bônus da Eldorado

Coluna do Broadcast

14 de março de 2019 | 04h00

A briga entre Eldorado Brasil Celulose e a Paper Excellence (PE) relacionada à emissão de bônus no exterior acaba de ganhar mais um capítulo. A CA Investment, empresa constituída no País pela PE para a compra da Eldorado, vai recorrer da decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo de liberar a emissão de US$ 500 milhões em bônus. O TJ-SP anunciou o desbloqueio da operação na última terça-feira.

Sem chance A Paper Excellence diz que “diferentes decisões proferidas nas últimas semanas demonstram incertezas causadas pelas incorretas informações prestadas ao mercado”. “A PE seguirá combatendo a emissão ou qualquer que prejudique seus direitos previstos no contrato, ou cause sérios riscos à companhia e aos investidores”, afirma a companhia. A Eldorado, por sua vez, notificou a CA Investment a apresentar documentos e informações que identifiquem o beneficiário final da empresa. Fundada na Indonésia em 1972 por Eka Widjaja, a PE é hoje comandada por seu filho primogênito, Jackson Widjaja.

Mais embaixo O embate na emissão dos bônus, que a essa altura tem pouca chance de acontecer, é parte do imbróglio pelo controle da Eldorado. A disputa será decidida via arbitragem. A expectativa é que o tribunal arbitral seja formalizado ainda neste mês de março.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

Paper Excellence