Para garantir sucesso de IPO Movida reduz preço e JSL comprará 15% da oferta

Coluna do Broadcast

05 de fevereiro de 2017 | 05h00

ANAC06 SÃO PAULO/SP 06/02/2012 LEILÃO AEROPORTOS ECONOMIA - Leilão para privatização dos Aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasilia realizado na BMF Bovespa. FOTO: HÉLVIO ROMERO/AE

(Foto: Hélvio Romero/Estadão)

Diante de maior aversão ao risco dos investidores, o próprio controlador da Movida, a JSL, poderá comprar uma fatia dos papéis, de cerca de 15%, que estão sendo vendidas ao mercado na oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da locadora de veículos. Além disso, a companhia cortou o preço do papel no âmbito de sua oferta para R$ 7,50, segundo fontes, ante uma taxa indicativa de preço entre R$ 8,90 a R$ 11,30. Com isso, as portas se abrem para a primeira listagem de ações da Bolsa brasileira de 2017.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tendências: