Paulista Catamarã mira aquisições para dobrar o número de alunos em 5 anos

Paulista Catamarã mira aquisições para dobrar o número de alunos em 5 anos

Coluna do Broadcast

03 de novembro de 2017 | 09h47

O mercado de Educação permanece em plena ebulição. Ao mesmo tempo em que a Kroton avalia a aquisição de ativos na educação básica depois da operação frustrada de fusão com a Estácio, o segmento está na mira de outros players. O colégio paulista Catamarã, fundado em 1995, está à procura de alvos para dobrar o número de alunos nos próximos 5 anos. Para isso, já teria, inclusive, contratado assessores: o escritório Viseu Advogados. Com duas unidades em São Paulo, sua estratégia inclui, além de aquisições, a ampliação da atual estrutura.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: