Petrobrás indicou que dará aval para Braskem recomprar Cetrel

Petrobrás indicou que dará aval para Braskem recomprar Cetrel

Coluna do Broadcast

28 Setembro 2017 | 05h00

A Petrobrás já indicou que votará favoravelmente, em assembleia marcada para sexta-feira, 29, pela recompra da empresa de saneamento Cetrel pela petroquímica Braskem. O ativo pertence à Odebrecht, detentora de 50,1% da companhia. A segunda maior acionista da Braskem é exatamente a estatal petroleira, com 47%.

Único e exclusivo
Questionamentos sobre a recompra da Cetrel têm sido levantados por um grupo de acionistas minoritários da Braskem, que apontam que o negócio seria benéfico apenas para a controladora da empresa, que luta para obter liquidez no contexto dos acordos de leniência firmados com a Justiça. A Braskem, no entanto, defende a recompra da Cetrel, ativo que vendeu à Odebrecht em 2012, sob o argumento de que a companhia tem papel relevante na gestão dos processos ambientais das atividades do Polo Petroquímico de Camaçari. Procurada, a Petrobrás não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter