Pi, do Santanter, lança taxômetro de fundos

Pi, do Santanter, lança taxômetro de fundos

Fernanda Guimarães

21 de janeiro de 2020 | 05h00

FOTO EPITACIO PESSOA/ESTADÃO

A Pi, plataforma aberta de investimentos do Grupo Santander com a Comdinheiro, lançará um “taxômetro” da indústria de fundos de investimento. A ideia é evidenciar como as taxas do mercado seguem altas, apesar do surgimento de fintechs e corretoras digitais, que teoricamente aumentaram a competição no setor.

Leia também: Santander lança Pi, plataforma de investimento independente do banco

De volta. Sem intermediários, não há a cobrança de rebate, que é a comissão que uma gestora paga para quem distribui um fundo de investimento. Dessa forma, a Pi devolve, por meio de ‘cashback’, metade do rebate, ou seja, 20% da taxa de administração.

Notícia publicada no Broadcast dia 20/01/2020, às 10:43:08

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.