Picpay arrasta oferta de ações na Nasdaq para junho

Picpay arrasta oferta de ações na Nasdaq para junho

Cynthia Decloedt

16 de maio de 2021 | 05h30

Foto: Rogerio Cassimiro

O PicPay, controlado pela holding J&F, da família Batista, vai levar sua oferta de ações (IPO) na bolsa norte-americana Nasdaq para o mês que vem. Inicialmente, a pretensão era lançar a oferta até o meio de maio. A instituição de pagamento digital pretende levantar entre U$ 800 milhões e US$ 1 bilhão para investir em aquisições e crescimento orgânico como forma de enfrentar a concorrência bastante acirrada neste setor.

Não bastasse a turbulência local, nos últimos dias as condições às ofertas de ações ficaram adversas também no exterior. A percepção em relação à direção do juro norte-americano mudou, depois que indicadores econômicos divulgados esta semana sinalizarem inflação maior nos Estados Unidos e a possibilidade de as taxas serem elevadas.

Ontem, a brasileira de softwares Zenvia adiou a precificação de sua oferta de ações na Nasdaq, dada a volatilidade do mercado. A companhia aguarda momento melhor para retomar a oferta.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 14/05, às 16h06.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

IPOnasdaqpicapay

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.