Plano da Oi ainda pode ser modificado até chegar à Justiça

Coluna do Broadcast

29 de março de 2017 | 05h00

Ainda que a administração da Oi tenha aberto as linhas principais de sua proposta para a reorganização financeira da tele, é provável que o plano sofra mudanças até chegar às mãos do juiz da recuperação judicial. A companhia está sob pressão da Anatel, que tem no forno uma Medida Provisória (MP) com o arcabouço jurídico necessário para uma eventual intervenção na companhia.

Balão de ensaio

De acordo com interlocutores, ainda existe um meio termo que pode ser buscado para evitar uma intervenção, como, por exemplo, no porcentual de ações da companhia a ser entregue aos credores estrangeiros. A empresa propôs 25% e os dois maiores grupos de bondholders pleiteiam algo perto de 90%. Num balão de ensaio, ambos os lados fizeram circular nos últimos meses uma ideia de proporção de troca de 30% a 60%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.