Plataforma Warren abre escritório em SP para chegar a R$ 10 bilhões sob gestão

Plataforma Warren abre escritório em SP para chegar a R$ 10 bilhões sob gestão

Cynthia Decloedt

26 de novembro de 2020 | 05h10

Marcelo Maisonnave, Tito Gusmão, Kelly Gusmão,Rodrigo Grundig e André Gusmão são sócios da Warren Brasil. Foto Divulgação/Warren

A notícia parece contraditória em tempos de home office e em se tratando de um fintech, mas a plataforma de investimento Warren está inaugurando seu primeiro escritório na capital paulista. Criada por um dos ex-fundadores da XP, Marcelo Maisonnave, a Warren já tem unidades físicas em Porto Alegre, onde está a sua sede, no Paraná e em Santa Catarina.

Essencial. Abrir um espaço em São Paulo é necessário para o plano de expansão no ano que vem de elevar para R$ 10 bilhões o volume de ativos sob gestão da casa. Hoje, esse número está ao redor de R$ 3 bilhões, originados a partir de 250 escritórios de assessores financeiros.

Tudo o que sabemos sobre:

Warrenfintech

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: