Prazo para bênção do BC a Citi e Itaú já supera o de Bradesco e HSBC

Prazo para bênção do BC a Citi e Itaú já supera o de Bradesco e HSBC

Coluna do Broadcast

01 Setembro 2017 | 05h00

O prazo para o Banco Central (BC) dar o seu aval para a venda da operação de varejo do Citi para o Itaú Unibanco, desde o anúncio da operação, em outubro do ano passado, já é o dobro do período que levou a análise para a operação entre HSBC e Bradesco, que somou cinco meses a contar da data da divulgação do negócio. Havia uma expectativa de que a bênção pudesse vir em agosto, o que não ocorreu. No caso de HSBC e Bradesco, o Cade demorou mais que o BC. Para Itaú e Citi, já deu seu aval.

Com a palavra Procurado, o Itaú não se manifestou. O BC informou que não comenta pleitos em análise. O Citi disse que continua aguardando a aprovação necessária para que o negócio possa ser concretizado e que não existe data definida. “O processo transcorre de forma normal e dentro do esperado”, destacou o Citi, reforçando ainda que mantém suas operações no Brasil com foco no segmento corporativo, de banco de investimento e private.

Siga a @colunadobroad no Twitter