Presidente do Santander faz ‘mágica’ e encara chuva em festa de fim de ano

Presidente do Santander faz ‘mágica’ e encara chuva em festa de fim de ano

Coluna do Broadcast

05 Dezembro 2018 | 04h00

O presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial, manteve o que está virando tradição nas festas de fim de ano do banco, ao aparecer de forma inusitada para os funcionários da instituição. Desta vez, saiu de uma caixa mágica. Nem mesmo a chuva torrencial que começou a cair cinco minutos antes de sua entrada dispersou os cerca de cinco mil funcionários de todo o Brasil que lotaram o Jockey Club de São Paulo, no último sábado, dia 1. A versão deste ano foi mais enxuta. Em 2017, o encontro reuniu cerca de 40 mil colaboradores do Santander no País.

Nova meta. Rial prometeu novamente resultados maiores para 2019, mas, desta vez, não deu projeção exata. Na edição de 2017, o executivo havia citado o número de R$ 12 bilhões para o lucro do banco neste exercício. Até setembro foram quase R$ 9 bilhões, restando apenas o quarto trimestre, que tradicionalmente é mais forte, para a meta ser superada. Procurado, o Santander não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

Santander;