Previsões econômicas e instabilidade política preocupam setor de seguros

Previsões econômicas e instabilidade política preocupam setor de seguros

Economia & Negócios

28 Julho 2018 | 04h00

A mudança nas projeções para o desempenho da economia brasileira neste ano e o aumento da instabilidade política com a proximidade das eleições presidenciais preocupam o setor de seguros no País, de acordo com a Carta de Conjuntura do Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), que será divulgada na semana que vem. O temor, sobretudo, está na possibilidade de o setor ter seu desempenho impactado em 2018.

Nuvem negra. A despeito de o lucro das seguradoras ter voltado à trajetória de expansão nos primeiros meses deste ano, como o segmento depende da situação da renda das famílias, o fato de a taxa de desemprego ter parado de cair surge como uma nuvem negra no mercado. Do lado político, o setor de seguros demonstra preocupação com o fato de alguns candidatos ainda não sinalizarem o comprometimento com reformas econômicas nos seus programas eleitorais.