Recessão prolongada e quebra de empresas preocupam executivos no mundo

Recessão prolongada e quebra de empresas preocupam executivos no mundo

Talita Nascimento

03 de junho de 2020 | 04h30

A possibilidade de uma recessão econômica prolongada é a maior preocupação de executivos de várias partes do mundo. Ela é seguida pelo receio do aumento no número de falências de grandes empresas e PMEs e uma onda de fusões e aquisições. Os dados são de um relatório produzido pela Zurich Insurance Group, em parceria com a consultoria de risco e corretora Marsh & McLennan e o Fórum Econômico Mundial (WEF).

Medos variados. Entre as preocupações, estão ainda as crescentes tentativas de fraudes e roubo de dados com mais trabalhadores acessando as redes corporativas de maneira remota, bem como os riscos de indústrias e setores não se recuperarem da pandemia. Também entram na lista desemprego estrutural, enfraquecimento fiscal das economias, disrupção das cadeias logísticas, restrições mais rigorosas ao movimento entre fronteiras e o medo de outro surto global de covid-19 (ou outra doença infecciosa). Foram entrevistados 350 executivos de vários países, em abril.

contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

#covid=19#empresáriosfalênciaRecessão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: