Redes de varejo vão em direções opostas na Bolsa

Economia & Negócios

21 de outubro de 2016 | 05h00

O setor de varejo mostra comportamento esquizofrênico na Bolsa. Enquanto o Magazine Luiza brilha, com expectativas de bons resultados, a Via Varejo segue em situação indefinida, sem que o mercado saiba se a família Klein – que nega – venderá sua fatia. A Máquina de Vendas ainda está às voltas com a integração das redes adquiridas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.