Reforma da Previdência deve elevar gastos das empresas com benefícios

Reforma da Previdência deve elevar gastos das empresas com benefícios

Coluna do Broadcast

03 de julho de 2019 | 04h00

O debate sobre a reforma da Previdência tem ganhado destaque na sociedade brasileira, especialmente envolvendo o período adicional de trabalho em relação ao regime vigente. Para as empresas, entretanto, um aspecto tem sido pouco explorado: o impacto nos gastos com benefícios dada a perspectiva de a relação trabalhista ser mantida por mais tempo.

Cara saúde. Segundo a AON, multinacional britânica de soluções em risco, previdência e saúde, a assistência médica é responsável pelo maior custo de uma empresa com mão de obra, atrás apenas da folha de pagamento. Com os colaboradores trabalhando até uma idade mais avançada, a AON calcula que a tendência é que esse custo aumente ainda mais, uma vez que a cada ano o custo com assistência médica aumenta, em média, 3%. O levantamento mostra ainda que 99,8% das 536 companhias ouvidas no Brasil, com faturamento superior a R$ 100 milhões, oferecem assistência médica.

contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

previdência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.