Rentabilidade de fundações deve superar meta e alcançar 11,26% em 2018

Rentabilidade de fundações deve superar meta e alcançar 11,26% em 2018

Coluna do Broadcast

21 Dezembro 2018 | 12h27

Os fundos fechados de previdência complementar devem fechar 2018 com rentabilidade de 11,26%, superando a meta inicial de 10,29% para este ano, conforme a Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp). O melhor desempenho é resultado das alocações em renda variável, que representam 17,1% das aplicações feitas por 258 entidades fechadas de previdência complementar, segundo levantamento das informações de investimentos do setor feita, até julho, pela Abrapp.

Quase 1 tri
A estimativa da Abrapp para o patrimônio desses fundos é de que alcance os R$ 900 bilhões neste ano, o que representa um aumento de 8,4% em relação a 2017. Em julho, o patrimônio dos fundos fechados estava em R$ 856 bilhões, representando 12,8% do PIB. Previ, Petros e Funcef concentram a maior parte desse volume de recursos.