Santander amplia em 74% financiamento com imóveis como garantia

Santander amplia em 74% financiamento com imóveis como garantia

Circe Bonatelli

11 de junho de 2021 | 05h30

Foto: Daniel Teixeira/Estadão 

 

O Santander Brasil fechou o primeiro trimestre com crescimento de 74% nas contratações de financiamento pessoal com garantia de imóvel, o chamado home equity. O banco não revela o total liberado nesse período, mas informa que sua carteira no segmento chegou a R$ 2,6 bilhões, o equivalente a 22% do mercado.

O home equity tem sido uma das principais apostas do Santander Brasil para avançar no ramo imobiliário. O banco oferece empréstimos a taxas de 0,95% ao mês, sem correção, e pagamento em até 20 anos.

Os financiamentos com garantia de imóvel finalmente decolaram no País, com o maior apetite de bancos tradicionais e a concorrência das fintechs, além da maior divulgação do segmento junto aos consumidores. A carteira do setor ficou estagnada em torno dos R$ 10 bilhões por anos seguidos, mas voltou a crescer a partir de 2020. Hoje, está em R$ 11,8 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 10/06, às 15h32.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Santander;financiamentosimóvel garantia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.