Sapore revisa processos para alimentar pacientes de hospital de campanha

Sapore revisa processos para alimentar pacientes de hospital de campanha

Aline Bronzati

31 de maio de 2020 | 05h10

Alimentos frescos de feira orgânica de São Paulo. Crédito da foto: Fernando Sciarra/ EstadãoSão Paulo, 31/05/2020 – A Sapore, de refeições corporativas, teve de rever os processos de preparo de alimentos para fornecer as refeições dos pacientes do Hospital Municipal de Campanha de Combate ao Coronavírus, no Pacaembu. O período de higienização da cozinha, por exemplo, foi revisado e agora é feito de 30 em 30 minutos. Além disso, os funcionários da Sapore usam equipamento de proteção individual (EPIs) similares aos vistos em ambiente hospitalar.

Fome. Diariamente, são entregues cerca de 155 quilos de comida, entre proteínas, cereais, legumes e frutas. A quantia é suficiente para cinco refeições diárias direcionadas aos 200 leitos da unidade de saúde, inaugurada há quase dois meses para suprir a carência do sistema em meio à pandemia. A equipe da Sapore prepara os alimentos. Já a entrega fica por conta do time do hospital.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.