Seguradoras e resseguradoras calculam danos com rompimento da barragem da Vale

Seguradoras e resseguradoras calculam danos com rompimento da barragem da Vale

Coluna do Broadcast

27 Janeiro 2019 | 05h35

Seguradoras e resseguradoras já estão calculando a extensão e dos danos do acidente da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), rompida nesta sexta, 25. A mineradora tem seguro com Chubb, Mapfre e Swiss Re para danos patrimoniais (property) e lucros cessantes (quando as atividades são interrompidas). A corretora responsável é a Aon e o resseguro está nas mãos do IRB Brasil Re.

Responsabilidade
Já a apólice de responsabilidade civil da Vale está nas mãos da alemã Allianz e também conta com resseguro do grupo por meio da AGCS. Neste caso, a corretora responsável é a Willis. Procuradas, as empresas não se manifestaram até a publicação desta nota.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+