Seguro pode ser alavanca para infraestrutura no novo governo

Seguro pode ser alavanca para infraestrutura no novo governo

Coluna do Broadcast

31 de outubro de 2018 | 04h00

O mercado de seguros, com R$ 1,2 trilhão em ativos, pode servir de alavanca para deslanchar o setor de infraestrutura no novo governo, após o impacto da crise político econômica que parou o País. A defesa é do presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), Boris Ber, em Carta ao Mercado e que será divulgada hoje, dia 31.

Agora vai? Por meio da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), o setor de seguros entregou 22 propostas ao candidato eleito Jair Bolsonaro (PSL), entre as quais a de elevar o seguro garantia nas grandes obras.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Mais conteúdo sobre:

segurosbolsonaro