Sem ‘Bovespa’, novo nome da Bolsa não agrada corretoras

Coluna do Broadcast

04 de abril de 2017 | 05h00

A escolha do nome da empresa resultante da fusão entre BM&FBovespa e Cetip não agradou às corretoras, em especial as mais antigas. Dez anos após a desmutualização, a queixa foi de que a companhia, batizada de B3 – Brasil, Bolsa, Balcão, rompeu com o passado e não tem mais nenhuma relação com o antigo nome, Bovespa, que pertencia às corretoras antes de a companhia abrir capital.

Siga a @colunadobroad no Twitter