Setor de máquinas diz que aumento de preços do aço é tiro no pé

Coluna do Broadcast

16 Novembro 2016 | 05h00

O setor de máquinas e equipamentos está irritado com os seguidos aumentos do preço do aço. Já foram quatro anúncios apenas neste ano. E, ontem, a CSN já indicou que promoverá um novo reajuste. Para o presidente da Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), entidade que representa o segmento, José Velloso, esse movimento feito pelas siderúrgicas é um “tiro no pé”. Isso porque, segundo ele, o setor de máquinas pode perder ainda mais mercado e, assim, as compras de aço sofreriam queda adicional.

Mais conteúdo sobre:

indústria