Simplicidade e segurança direcionam escolha de usuários de bancos digitais

Simplicidade e segurança direcionam escolha de usuários de bancos digitais

Cynthia Decloedt

08 de dezembro de 2021 | 05h40

Crédito da foto: Nilton Fukuda/Estadão

Pesquisa em 11 países identificou cinco tipo de clientes  Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Simplicidade e segurança são os dois principais motivadores na escolha de um aplicativo ou serviço digital bancário no Brasil, de acordo com pesquisa feita globalmente pelas consultorias Diebold Nixdorf e pela NielsenIQ. Elas buscaram entender o que impulsiona as pessoas no mundo a escolher fintechs, neobancos e instituições tradicionais.

Feito com 12 mil consumidores em 11 países, o levantamento identificou cinco tipos de clientes de serviços digitais bancários. No Brasil, dois predominam. Os “buscadores de simplicidade” (43%), que gostam da economia de tempo proporcionada pela tecnologia e procuram ativamente por novas soluções que tornem a vida mais fácil. Há também os “realistas em luta” (30%), que se preocupam com seu futuro financeiro e, consequentemente, anseiam por segurança.

Como os brasileiros, sul-africanos, indonésios e mexicanos estão entre os consumidores de serviços digitais financeiros que estão atrás de simplicidade. Já entre os realistas, os brasileiros são acompanhados por canadenses, franceses e egípcios.

As três outras identidades apuradas pelo levantamento foram os “tradicionalistas estabelecidos”, sendo que a maioria se encontra em países desenvolvidos como Alemanha, França, Canadá e Reino Unido; os “exploradores protegidos” (Indonésia, Estados Unidos, Turquia e Reino Unido) e os “iniciadores com autonomia” (Indonésia, Turquia, México e Egito).

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 07/12/21, às 10h25.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

bancos digitaispesquisaaplicativosfintechs

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.