Só 1, a cada 10 executivos da AL, acha que países estão prontos para abertura

Só 1, a cada 10 executivos da AL, acha que países estão prontos para abertura

Fernanda Guimarães

13 de agosto de 2020 | 05h00

Apenas um, a cada dez executivos da América Latina, vê seus países preparados para abrir a economia completamente, segundo a terceira edição do Barômetro Global de Negócios da Economist Intelligence Unit (EIU), com o apoio do SAS. A pesquisa mostrou que 16% desses executivos acreditam que seus negócios devem levar menos de um ano para se recuperar da crise causada pelo covid-19.

Tá indo. Mesmo assim, os executivos da região estão mais otimistas em relação a uma recuperação da economia global nos próximos três meses. No levantamento, 32% dos entrevistados afirmaram que o desempenho da economia mundial será melhor nos próximos três meses, ante um porcentual de apenas 2% na pesquisa anterior. E mais: 86% deles disseram já ver sinais de recuperação na economia global – eram 60% antes.

Mais digital. No mundo pós-pandemia, 92% dos respondentes disseram que, do ponto de vista de tecnologia, os aspectos relacionados à cibersegurança serão mais importantes.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 12/08/2020 às 13:44:08 .

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: