Sobek vai contestar processo de venda da Gaspetro pela Petrobras

Sobek vai contestar processo de venda da Gaspetro pela Petrobras

Altamiro Silva Junior e Cynthia Decloedt

16 de julho de 2021 | 05h40

 REUTERS/Paulo Whitaker

A Sobek Energia, empresa que desenvolve e viabiliza projetos de geração elétrica distribuída ao mercado de baixa tensão, vai contestar o processo de venda da Gaspetro pela Petrobras, por meio de um requerimento administrativo. Nesta semana, a petroleira negou que a Sobek estivesse na disputa. A Sobek quer garantir sua continuidade na disputa, alegando ter cumprido todos os prazos, desde o inicio do processo. Na fase final, no final de junho, a Sobek requereu, no entanto, prazo de extensão para entrega de uma garantia, chamada de bid bond, exigida para apresentação de uma última proposta financeira. A garantia, de R$ 100 milhões, foi obtida junto ao Fidebank e teria sido analisada pela Petrobrás.

A Compass, do Grupo Cosan, também disputa a Gaspetro, e o valor apresentado por ambas está na casa dos R$ 2 bilhões. Embora tenha de passar pelo crivo do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a Compass tem sido vista como a favorita para levar os 51% da participação da Petrobras na Gaspetro, que tem a japonesa Mitsui com 49% de participação. Procurada, a Petrobras afirmou que não vai comentar.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 15/07/2021, às 19h02.

Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

sobekgaspetropetrobrás

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.