Sociedade Brasileira de Dermatologia consegue anular registro de concorrente

Coluna do Broadcast

22 de janeiro de 2017 | 05h00

A relação entre a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e a Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC) azedou de vez. A briga é por sobrevivência. A SBD, com 7.500 associados, conseguiu, em causa ganha pelo escritório Montaury Pimenta, anular o registro da marca da SBDCC no INPI, e proibir o seu uso.

De lá para cá

A alegação é de que há semelhança das siglas, o que poderia confundir médicos e pacientes. A SBD defende ser a única sociedade médica reconhecida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina no ramo de dermatologia. Já a SBDCC alega que falta uma entidade mais ampla, democrática e abrangente.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.