Sparta busca captar R$ 50 milhões para novo fundo de infraestrutura

Sparta busca captar R$ 50 milhões para novo fundo de infraestrutura

Altamiro Silva Junior

22 de abril de 2022 | 05h01

Área industrial do Porto do Açu. Crédito da Foto: Prumo Logística

 

Com R$ 5,3 bilhões em ativos, a gestora Sparta quer levantar R$ 50 milhões em uma nova oferta pública de seu fundo de infraestrutura listado na B3. Os recursos vão ser usados para comprar debêntures da área de infraestrutura, em novas emissões de empresas ou mesmo no mercado secundário.

A oferta do fundo da Sparta é voltada para um grupo de investidores qualificados, aqueles com mais de R$ 1 milhão investidos. No caso do fundo, listado na B3 com o nome de “JURO11”, é ainda mais restrita, e está sendo oferecida apenas para os cotistas que aderiram à primeira emissão, no final de 2021.

Naquele momento, o fundo pretendia captar até R$ 150 milhões. Mas com o momento difícil no mercado financeiro, especialmente na Bolsa, houve demanda para R$ 32 milhões. A gestora optou por fechar a operação nesse montante e começar a criar um histórico de desempenho da carteira, a sua primeira na B3. Agora, parte para a segunda empreitada. O prazo para os cotistas reservarem seus papéis termina no próximo dia 28. A oferta é coordenada pelo BTG Pactual.

Mercado de fundos de infraestrutura está crescendo

O mercado de fundos de infraestrutura listados na B3 é ainda muito pequeno, comparado a outros ativos da Bolsa. Contando com o da Sparta, são menos de 10 carteiras, incluindo nomes como Kinea, Capitânia, XP e BTG. A Sparta, criada em 1993, é focada em renda fixa, principalmente em crédito privada. Nos últimos meses, não tem dado conta de olhar tanta oferta de debêntures que tem recebido, com empresas sem conseguir lançar ações. Mas garante que avalia todas.

Um dos próximos passos da gestora pode ser o lançamento de um Fundo de Investimento em Agronegócios (Fiagro), aproveitando o conhecimento que a casa tem em commodities, uma das apostas de um fundo multimercado da casa que ficou entre os mais rentáveis do Brasil em 2021, com ganho de 26%.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 21/04/22, às 14h28.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.