Startup carioca Expeer quer levantar R$ 100 milhões em recebíveis para projetos imobiliários

Startup carioca Expeer quer levantar R$ 100 milhões em recebíveis para projetos imobiliários

Circe Bonatelli

15 de fevereiro de 2022 | 05h30

Foto: Nilton Fukuda/Estadão

A Expeer, startup carioca criada no projeto de corporate venture da Paramis Capital, tem a expectativa de realizar a estruturação de R$ 100 milhões em operações de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) em 2022. A empresa já participou da estruturação de uma oferta de R$ 25 milhões da incorporadora Gafisa, numa operação destinada a investidores profissionais. Os papéis foram atrelados aos recebíveis do empreendimento residencial Flow, situado na capital paulista, com taxa equivalente ao CDI + 4,5% ao ano.

O último ano foi marcado pela disparada de lançamentos imobiliários – principalmente prédios residenciais, loteamentos e galpões logísticos -, que dispertaram enorme procura das incorporadoras por soluções customizadas de financiamentos para as obras. As emissões de CRIs chegaram ao recorde de R$ 34 bilhões em 2021, segundo boletim da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro (Anbima).

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 14/02, às 11h16.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

imóveiscorporateStartup

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.