Stefanini promete aumentar bônus com redução de processos trabalhistas

Stefanini promete aumentar bônus com redução de processos trabalhistas

Coluna do Broadcast

06 Dezembro 2018 | 04h00

Com 24 mil funcionários, o Grupo Stefanini viu o número de processos trabalhistas cair em até 75% no último ano, em uma de suas empresas. Atribuída à nova lei trabalhista, a queda ocorreu mesmo sem que todas as mudanças trazidas pela legislação tenham sido pacificadas nos tribunais superiores. Apesar de não ter um cálculo sobre a economia que o menor número de processos trará, o presidente da empresa, Marco Stefanini, diz que, com os recursos, a companhia vai investir mais em bônus pelo desempenho dos funcionários.

Fora da curva. Especializado em serviços de tecnologia, o grupo tem 15 companhias, está presente em 40 países e deve faturar R$ 3 bilhões neste ano. Segundo Stefanini, o número de processos trabalhistas no Brasil é 90 vezes maior do que o de todos os outros países somados. A Argentina é outra exceção em termos de ações. (Cristiane Barbieri)

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

reforma trabalhista