Stone, de cartões, mira US$ 1 bi em IPO na Bolsa de Nova York

Stone, de cartões, mira US$ 1 bi em IPO na Bolsa de Nova York

Economia & Negócios

05 Junho 2018 | 04h00

A adquirente Stone mira cerca de US$ 1 bilhão em sua abertura de capital na Bolsa de Nova York, a lendária Nyse, programada para ocorrer no segundo semestre deste ano. Nas últimas semanas, a empresa fez rodadas de conversas com bancos de investimento que podem se tornar assessores da operação, os chamados “pitches”.

Carona
Ao abrir capital na Nyse, a Stone quer pegar carona na PagSeguro, do Uol, cujo interesse dos investidores permitiu cobrir em 15 vezes a oferta, que movimentou US$ 2,7 bilhões na Bolsa americana, em janeiro último. A companhia, controlada pelos fundadores André Street e Eduardo Pontes e que tem entre seus acionistas a britânica Actis, a brasileira Gávea Investimentos e a americana Madrone Capital Partners, quer captar recursos para reforçar a sua operação no Brasil com a qual concorre com pesos pesados como Cielo, de Bradesco e Banco do Brasil, Rede, do Itaú Unibanco, e GetNet, do Santander Brasil. Procurada, a Stone não comentou o assunto.

Siga a @colunadobroad no Twitter