Swift fecha com Bradesco e atrai primeiro banco brasileiro para pagamentos

Swift fecha com Bradesco e atrai primeiro banco brasileiro para pagamentos

Economia & Negócios

08 Junho 2018 | 04h00

A belga Swift, com foco no setor de segurança de transações financeiras, atraiu o primeiro banco brasileiro para o seu portfólio. O Bradesco aderiu ao serviço global de pagamentos (GPI, na sigla em inglês) da companhia, cujo fluxo diário gira em torno dos US$ 100 bilhões. Trata-se de uma ofensiva para ter mais velocidade, transparência e rastreabilidade de transações internacionais.

Escala
Além do Bradesco, outros 165 bancos já aderiram ao serviço da Swift, lançado em 2017, respondendo por 80% do tráfego de pagamentos internacionais da empresa. Até o momento, foram processados 50 milhões de pagamentos através de GPI, incluindo milhares de pagamentos enviados diariamente por meio de 350 conexões entre países, em mais de 100 moedas.

Siga a @colunadobroad no Twitter