Telefônica vai repassar à Vivendi multa de quase R$ 1 bi da Receita

Telefônica vai repassar à Vivendi multa de quase R$ 1 bi da Receita

Circe Bonatelli

20 de fevereiro de 2020 | 05h00

Foto: Reuters

A espanhola Telefônica vai repassar para o grupo de mídia francês Vivendi uma conta de quase R$ 1 bilhão correspondente a impostos não pagos no Brasil. A conta se refere a uma transação concluída pelas duas empresas em 2015, quando a Telefônica acertou a compra da operadora brasileira de banda larga GVT, que pertencia à Vivendi.

Passado que condena.Acontece que, cinco anos depois, a Receita Federal aplicou, há 15 dias, um auto de infração contra a Telefônica alegando que o imposto de renda recolhido sobre o ganho de capital na compra da GVT ficou R$ 983,5 milhões abaixo do devido. Na ocasião, a Telefônica pagou 7,24 bilhões de euros em dinheiro e ações pela empresa de banda larga, hoje já totalmente incorporada ao grupo.

Pagar nada. A Telefônica não tem a menor intenção de tirar dinheiro do bolso, já que seu papel foi apenas fazer o recolhimento do imposto, pois o ganho de capital na venda da GVT foi da Vivendi. A Telefônica informou não ter pendências com o fisco e lembrou que o contrato de compra e venda com a Vivendi possui cláusula de indenização que prevê o repasse de perdas relacionadas ao imposto de renda auferido na fonte sobre ganhos de capital. Procurada, a Vivendi afirmou que não irá comentar o caso.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco

Tudo o que sabemos sobre:

VivoTelefônicaVivendiGVT