Tempo quente impulsiona venda de ar condicionado pela internet

Coluna do Broadcast

08 de fevereiro de 2017 | 07h19

O calor tem gerado uma corrida dos consumidores em busca de ar condicionado. Nos meses de novembro, dezembro e janeiro, as vendas pela CentralAr.com, e-commerce em venda de ar condicionados, saltou 29% na relação anual. Animada com a crescente procura, a empresa espera que esse avanço se acelere para 39% no acumulado destes até março, quando se encerra o verão. Depois de faturar R$ 300 milhões no ano passado, a meta é ambiciosa: chegar em R$ 1 bilhão até 2020.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: