‘Tinder’ do M&A espera chegar a R$ 100 mi de receita em cinco anos

‘Tinder’ do M&A espera chegar a R$ 100 mi de receita em cinco anos

Matheus Piovesana

04 de abril de 2021 | 05h15

Crédito da foto: Nilton Fukuda/Estadão

Startup junta investidores a empresários que querem sócios ou investimentos. Foto: Nilton Fukuda/Estadão

A Stark, espécie de “tinder do M&A”, espera alcançar os R$ 100 milhões de receita nos próximos cinco anos. É uma meta ambiciosa: para este ano, a plataforma, criada em 2016, pretende faturar R$ 7,5 milhões. Isso significaria triplicar as receitas do ano passado – e contar com a crise que já coloca muitas empresas em dificuldades.

Receita da startup vem de anúncios e taxa de sucesso dos negócios

Especializada em operações com empresas de médio porte, a Stark conecta investidores em busca de negócios a empresários que buscam sócios ou vender suas operações. Uma das fontes de receita são as assinaturas cobradas dos vendedores, a partir do momento em que uma negociação avança.

A plataforma também recebe uma taxa (success fee) sobre o valor da transação fechada. A fusão entre a Climatempo e a Sonar Meteorologia foi o mais recente casamento assessorado pela startup.

Segundo o CEO da startup, João Vitor Carminatti, a maior procura é por empresas de tecnologia, saúde e educação, na mesma tendência das transações entre grandes empresas. No entanto, setores prejudicados pela pandemia, como os de hospitalidade e alimentação, estão se cadastrando na plataforma – sem encontrar, por enquanto, o mesmo apetite dos “queridinhos”.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 02/04/2021, às 13:51:24 .

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

M&A

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.