Unimed-Rio pode virar operadora de medicina de grupo para solucionar crise

Coluna do Broadcast

04 de dezembro de 2016 | 08h59

A Unimed-Rio considera deixar de ser uma cooperativa para se transformar numa operadora de medicina de grupo. A alternativa está na mesa como uma das soluções para salvar a empresa da atual crise financeira. É considerada complexa, mas plausível.

Estratégia
O movimento inclui a transferência dos ativos para a Unimed-Rio Empreendimentos e a busca de um sócio estratégico ou financeiro. Os médicos cooperados seriam sócios da “nova empresa”.

Dívida

Restaria ainda a dívida na cooperativa, que passa de R$ 1 bilhão no longo prazo. A saída seria a securitização deste montante. Se der certo, será uma boa saída, na visão de um executivo do setor. A Unimed-Rio e o Santander, que é assessor financeiro da operadora, não comentam. (colaborou Dayanne Sousa)