Usiminas contrata BTG para venda de sua unidade de mineração

Usiminas contrata BTG para venda de sua unidade de mineração

Economia & Negócios

24 Agosto 2018 | 04h00

A Usiminas bateu o martelo e decidiu se desfazer da participação de 70% na sua unidade de mineração, a Musa. O banco BTG Pactual já foi contratado para assessorar a transação. O processo de venda, contudo, ainda não foi lançado, segundo fontes. A Usiminas vinha dando sinais, há alguns meses, de que faria o desinvestimento. A principal sinalização foi dada em junho, com a saída de Wilfred Bruijn, que comandava a Musa. Se mantivesse a operação, a empresa teria que decidir até 2020 sobre a expansão da mina, já que sua capacidade de produção de minério de ferro irá se esgotar até 2025. O projeto Compactos, há anos na mesa da companhia, promete elevar a capacidade de produção de minério para 29 milhões de toneladas. Ou seja: o novo dono terá um investimento de grande porte à frente. Os 30% restantes da Musa estão nas mãos da japonesa Sumitomo. A Usiminas confirmou o processo.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real