Varejo de vestuário prevê Natal estagnado ante 2015

Coluna do Broadcast

21 de dezembro de 2016 | 05h00

MDEPAULA34 - RJ - 04/01/2015 - COMERCIO/TRADICIONAL - CIDADES OE - A Prefeitura do Rio, por meio do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), relacionou mais 13 estabelecimentos comerciais para compor a categoria de atividade econômica tradicional e notável, de bens imateriais da cidade. Na foto, clientes observam vitrine da Chapelaria Alberto, no centro do Rio. Foto: MARCOS DE PAULA/ESTADÃO

(Foto: Marcos De Paula/Estadão)

Nem a chegada do Natal anima as redes de varejo de moda no Brasil. A Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex) prevê que as vendas nesse período fiquem estagnadas ante 2015. E não se pode sequer culpar a Black Friday pelo prognóstico ruim, pois o resultado da promoção em 2016 foi pior do que o ano passado para as lojas de roupas e acessórios. (Dayanne Sousa)

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tendências: