Venda da Via Varejo pelo GPA foi maior M&A da América Latina em junho

Venda da Via Varejo pelo GPA foi maior M&A da América Latina em junho

Coluna do Broadcast

28 de julho de 2019 | 10h39

Por Bárbara Nascimento

A venda da Via Varejo pelo GPA foi a maior registrada dentre todas as operações de fusão e aquisição (M&A, na sigla em inglês) da América Latina no mês de junho, segundo a Emis, plataforma de dados com foco em países emergentes ligada ao grupo ISI Emerging Markets, que tem como um dos donos a chinesa Caixin. O grupo vendeu todas as ações que detinha na varejista dona das Casas Bahia de volta para a família Michael Klein, que se tornou a maior acionista após o leilão, em um negócio de R$ 2,3 bilhões.

Liderança. O Brasil, aliás, teve o maior números de fusões e aquisições na América Latina no acumulado do ano até junho, com um total de 400 operações do tipo, conforme a Emis. Em seguida, estão México e Colômbia, com 74 e 70 negócios, respectivamente.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem delay, assine o Broadcast+

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.