Vendas de itens de moda e esportivos devem cair até 25% em 2020, prevê BCG

Vendas de itens de moda e esportivos devem cair até 25% em 2020, prevê BCG

Cristiane Barbieri

01 de abril de 2020 | 04h28

FOTO JFDIORIO/AE

As vendas de artigos de moda e itens esportivos em 2020 deve sofrer queda na ordem de 20% a 25% devido aos impactos da pandemia de coronavírus, de acordo com estimativa do Boston Consulting Group (BCG). A queda no consumo, provocada pela mudança de comportamento do consumidor, deve resultar em perdas potenciais de até R$ 1,9 trilhão para o setor em todo o mundo. A projeção da consultoria foi traçada com base em entrevistas com executivos de marcas globais de moda e artigos esportivos.

Ajuda, mas não resolve. A pesquisa apontou também que há uma oportunidade de aumentar o faturamento nas vendas online em pelo menos 10%, embora esse crescimento compense apenas em parte as perdas registradas pelas lojas físicas. Como consequência, o lucro operacional (medido pelo Ebitda – lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) das empresas do setor deve despencar em torno de 35% a 40% em 2020, estimou a consultoria.

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

modaartigos esportivosBCGcoronavírus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.