Viva Previdência deve assumir gestão da AnaparPrev, com R$ 580 milhões em ativos

Viva Previdência deve assumir gestão da AnaparPrev, com R$ 580 milhões em ativos

Karla Spotorno

14 de fevereiro de 2020 | 04h28

Viva Previdência/Divulgação

Depois de meses em negociação, a Viva Previdência deve assumir a gestão do plano AnaparPrev, antes gerenciado pela Petros. Com R$ 3 bilhões em ativos e 50 mil participantes, a Viva deve receber mais R$ 580 milhões em ativos e 3 mil associados, após a incorporação do AnaparPrev. Segundo Silas Devai Junior, presidente da Viva, a fundação tem outros R$ 3 bilhões já mapeados para continuar crescendo de maneira similar. A meta para 2020 é fechar mais um contrato de R$ 150 milhões. O negócio está sujeito à aprovação pela Previc, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar.

Leia também: Com reforma, previdência privada aberta volta a crescer

Cashback. Outra estratégia de crescimento da Viva é um programa de cashback, o Prev4U. No sistema, o participante que compra em um portal de e-commerce com 350 lojas recebe “dinheiro de volta” para aumentar seu saldo no fundo de previdência. Em duas semanas, o Prev4U já acumulou mil participantes. Entre as lojas, estão Fast Shop, Americanas e Latam. O cashback em fundo de pensão não é exclusividade da Viva Previdência. A Fundação Copel tem um programa para seus participantes, o PrevCash.

Notícia publicada no Broadcast no dia 13/02/2020, às 15:18:43

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco 

Tudo o que sabemos sobre:

previdência privada