Vtex e Zenvia fazem Nuvini colocar pé no freio em plano de IPO

Vtex e Zenvia fazem Nuvini colocar pé no freio em plano de IPO

Matheus Piovesana

27 de julho de 2021 | 05h00

Mais dependente do mercado brasileiro, Zenvia foi penalizada na estreia na Nasdaq   Foto: Rogério Cavalcanti

Os desempenhos opostos das ações das brasileiras Vtex e Zenvia em suas estreias em Nova York, na semana passada, acenderam um sinal para a Nuvini, holding de empresas de software. A companhia tinha como certa a estreia em Nova York em 2022, mas está repensando os planos. Após o salto da Vtex e o tombo da Zenvia, a leitura foi de que a recepção calorosa da empresa que faz softwares para comércio eletrônico se deu, em parte, por sua maior diversificação geográfica. Já a Zenvia, que faz plataformas de comunicação para empresas, é mais dependente do mercado brasileiro e, por isso, foi penalizada. A Nuvini ainda precisa expandir fronteiras – e quer apresentar aos investidores números promissores nessa frente.

Com quase metade de suas receitas provenientes de fora do Brasil, a Vtex subiu 17% em seu primeiro pregão na Bolsa de Nova York. A Zenvia, que depende de clientes do Brasil dos quais obtém mais de 80% de seu faturamento, caiu 21,5% ao chegar à Nasdaq.

A Nuvini não desistiu de abrir capital, mas acredita que é melhor consolidar sua expansão internacional antes desse passo. A companhia chamou Andres Bilbao, cofundador da Rappi, para ajudar a encontrar bons negócios nos países vizinhos. A meta é fazer com que de 30% a 40% das receitas do grupo venham do exterior até 2025 – quando a companhia espera faturar R$ 4 bilhões.

A empresa informa que neste momento está priorizando captações privadas de recursos para a expansão na América Latina, mas que mantém os planos de abrir seu capital nos EUA ano que vem, sem maiores detalhes.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 26/07/2021, às 12h12.

Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

nuviniIPOvtexzenvia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.