Wine suspende IPO e 15 empresas já cancelaram ofertas nas últimas semanas

Fernanda Guimarães

30 de outubro de 2020 | 05h00

O aumento da volatilidade do mercado, diante do aumento dos temores em relação à segunda onda de contágio do covid-19, fez mais ma vítima entre as candidatas a estrear na B3. O ecommerce de vinhos Wine, que precificaria sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla e inglês) no começo da próxima semana, acabou de cancelar sua oferta, alegando as condições de mercado. Dentre os sócios da Wine, estão a Orbeat e o family office do Abilio Diniz, a Península. A oferta era estimada em R$ 1 bilhão. Procurada, a Wine não comentou.

Apetite menor. Com o mercado muito seletivo e muitas ofertas na rua, o número de desistência de empresas para realizarem a oferta vem aumentando. Com a Wine, já são 15 nas últimas semanas. No entanto a janela segue aberta e o ano já é de recorde de emissão de ações na B3: o volume já supera os R$ 95 bilhões, ante R$ 90 bilhões ano passado, o antigo recorde.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 29/10/2020 10:43:45.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

wineb3

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.