WTorre fecha projeto imobiliário da Odebrecht em terreno do Carrefour

WTorre fecha projeto imobiliário da Odebrecht em terreno do Carrefour

Circe Bonatelli

10 de março de 2020 | 05h00

FOTO: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

A construtora residencial OR (antiga Odebrecht Realizações Imobiliárias) acertou a venda para a WTorre do projeto de um mega complexo imobiliário no terreno do Carrefour na Marginal Pinheiros, zona sul de São Paulo, conforme antecipou a Coluna do Broadcast na sexta-feira, 6. As negociações começaram na metade do ano passado e se estenderam até sábado, 7, quando advogados e executivos das duas empresas assinaram a papelada.

Vem por aí. Já aprovado na prefeitura, o empreendimento contempla três torres – uma corporativa, uma residencial de alto padrão e uma de uso misto – com valor geral de vendas total estimado em R$ 1,3 bilhão. Além disso, o terreno terá um shopping center que abrigará uma loja remodelada do Carrefour em substituição à unidade que funciona hoje no local. Ao todo, as obras devem custar em torno de R$ 800 milhões.

Renovado. Sem fôlego para a empreitada, a OR passou o negócio adiante por R$ 50 milhões, que cobrem custos ligados ao desenvolvimento do projeto e obtenção de licenças. Por sua vez, a WTorre já tem conversas em andamento com potenciais parceiros para erguer os edifícios, segundo fontes. As obras deverão começar em até dois anos. Procuradas, WTorre e OR informaram que não comentarão o assunto. Já o Carrefour disse apenas que “dará mais detalhes do projeto quando for apropriado”.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.