XP Asset compra 100% da gestora Habitat Capital Partners

XP Asset compra 100% da gestora Habitat Capital Partners

Cynthia Decloedt

27 de fevereiro de 2022 | 05h20

XP, na sede da empresa Crédito: Matheus Lombardi/ XP

XP Asset quer se consolidar como gestora de fundos imobiliários  Foto: Matheus Lombardi/XP

A XP Asset está entrando no mercado de fundos imobiliários high yield, de alto retorno, para complementar a prateleira de sua gestora. Um acordo para aquisição de 100% da gestora Habitat Capital Partners foi fechado e com isso a asset da XP passa a ter um novo fundo especializado em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) residencial, pulverizado como loteamentos e de multipropriedade, de patrimônio líquido de R$ 730 milhões.

O fundo é considerado de alto retorno pelo fato de estar relacionado a recebíveis de projetos imobiliários considerados de maior risco do que a venda de casas e apartamentos na planta, em que a inadimplência e os distratos são menores. O valor do negócio não foi revelado, mas essa é uma das poucas aquisições feitas pela asset. A única anterior foi em 2017, da Vista, gestora de ativos alternativos e imobiliários.

A XP Asset tem 400 fundos abertos e R$ 134 bilhões de ativos sob gestão. Desse total, R$ 11 bilhões correspondem a fundos imobiliários. No ano passado, a asset ocupou o quarto lugar no ranking da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) de gestores de fundos imobiliários. “Nossa intenção é nos consolidarmos como uma gestora de fundos imobiliários, considerando a sinergia que esta aquisição trará dentro da XP”, diz Bruno Castro, CEO da XP Asset. Segundo ele, o plano é que a XP origine CRIs de clientes trazidos pela rede de agentes autônomos.

Origem

A Habitat Capital nasceu em 2016 como consultora na área de fundos imobiliários  e dois anos mais tarde passou a gerir fundos imobiliários (FIIs), com carteira dedicada a CRIs concentrados na classe high yield, que oferecem retornos mais altos que a  média do mercado.

Os sócios fundadores da Habitat Marcelo Kayath, Edward Weaver e Camila Almeida seguirão como diretores da gestora e responsáveis pela gestão do fundo durante o processo de integração dos times com a XP. O fechamento do negócio está sujeito à autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.