Yuny, tradicional no médio e alto padrão, entra no Minha Casa Minha Vida

Yuny, tradicional no médio e alto padrão, entra no Minha Casa Minha Vida

Circe Bonatelli

25 de agosto de 2020 | 05h12

Projeto do Minha Casa, Minha Vida. Foto: MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO

 

A Yuny, incorporadora que ingressou recentemente na fila para oferta inicial de ações em Bolsa, está lançando a marca apê55, que vai atuar exclusivamente no desenvolvimento de projetos residenciais econômicos na capital paulista, voltado ao Minha Casa Minha Vida (MCMV).

Chiquê. A Yuny, dos irmãos Marcos e Marcelo Yunes, tem um histórico de empreendimentos criados ao médio e alto padrão. Com a entrada no segmento mais popular, a empresa tenta abocanhar parte do mercado capaz de conservar boa velocidade de vendas mesmo nas crises – fato observado em 2014 e que se repetiu agora, com a pandemia.

Menos. Outras incorporadoras também desenvolveram, nos últimos anos, braços específicos para o segmento econômico, como são os casos de Cyrela (dona da marca Vivaz) e a Eztec (dona da Fit Casa), e da RNI (antiga Rodobens), entre outras. A líder do MCMV é a MRV.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 24/08/2020 às 17:10:20

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

yunyimóveisMinha Casa Minha Vida

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: