Quanto custa desfilar no carnaval de São Paulo? (VÍDEO)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quanto custa desfilar no carnaval de São Paulo? (VÍDEO)

No sambódromo do Anhembi, destaques gastam o equivalente a um carro zero com fantasia, maquiagem, plumas e paetês

Gustavo Santos Ferreira

12 Fevereiro 2015 | 09h50

ALÔ, COMUNIDAAAAAAADE!! de-olho-nos-precos

O carnaval está oficialmente marcado para este fim de semana. Mas os blocos já estão nas ruas e já deram início às celebrações faz alguns sábados. E é nas ruas, aliás, onde a nossa festa mais tradicional se faz, de fato, popular.

Sim. Os desfiles das escolas de samba são a principal vitrine do carnaval. Mas sambar na avenida não está ao alcance dos todos os brasileiros, não. Demos nosso pulo no último ensaio técnico da Mocidade Alegre, tricampeã entre as agremiações paulistanas.

>>> [VÍDEO] Pau de selfie ‘autêntico’ custa 7 vezes mais que na rua 

>>> Dólar em alta: o que você tem a ver com isso? 

Perguntamos a alguns foliões quanto morre para entrar na avenida e chegamos à seguinte conclusão: pornográfico não é ficar com o peito de fora – aliás, cada um faz o que quer com o que tem. O preço pago para brilhar no Anhembi, com plumas e paetês, esse sim, faz muito rosto corar.

ze-carioca

Entre baianas, passistas e destaques, o gasto declarado pelo pessoal gira entre R$ 300 e R$ 40 mil, o equivalente a um carro zero. Mas não estamos censurando o cartão de crédito de ninguém, longe deste blog ter essa intenção. Como dito, cada faz o que quer com o que tem. E, bom frisar, apesar dos gastos, exorbitantes ou não, todos os foliões consultados foram unânimes: morrem pelo bolso, é verdade, mas renascem felizes ao pisar na avenida.

>>> Leia mais no blog!

E caso você queira assistir in loco a ressurreição pagã deste ano, pode correr, fazer o que quiser para isso, mover moinhos, mas, não importa seu esforço, porque os ingressos já acabaram. Entre R$ 90 a R$ 190 (arquibancada) e R$ 370 a R$ 2.420 (cadeiras e mesas de pista) foram gastos por quem topou passar as madrugadas deste fim de semana no Anhembi.

Do mais, fica nosso conselho, que, se fosse bom, vendíamos: clique aqui, escolha um bloco, arrebente com tudo e seja feliz demais neste carnaval!

Doeu no bolso, foi? Conte a sua história:

gustavo.ferreira@estadao.com