Quarto de bebê pode custar mais de R$ 18 mil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quarto de bebê pode custar mais de R$ 18 mil

Opção mais barata sai por cerca de R$ 1,2 mil; preço de cesta mais cara de produtos é 14 vezes maior que o da mais em conta

Gustavo Santos Ferreira

24 Fevereiro 2015 | 14h48

de-olho-nos-precos

Para fazer um bebê de maneira mais convencional possível, seres humanos precisam apenas de suor, prazer e – deseja este blog – amor. Mas, pais e mães, não chorem: o custo para montar o quarto do rebento pode ultrapassar a barreira dos R$ 18 mil – mostra levantamento do site de descontos CupoNation.

bebe-dormindo-babando

A pesquisa leva em consideração mais de 7 mil produtos à venda para bebês na internet. Pelo levantamento, gastos feitos durante os 9 meses de espera podem variar entre R$ 1.285,53 a R$ 18.599,45 – sem contar pré-natal e demais desembolsos necessários. Tamanha variação entre preços é explicada por descontos a serem obtidos. Oscilam nesta pesquisa entre apenas 5% e nada menos que 80%.

>>> Gastos com educação sobem acima da inflação em 2015

>>> Ônibus, metrô e combustíveis pressionam inflação

>>> Gasto com doméstica sobe mais de 12% em SP

As maiores disparidades de preços encontradas foram nos carrinhos de passeio (de R$ 134,91 a R$ 5.699); nas bolsas para carregar os cacarecos dos bebês (de R$ 21,90 a R$ 664); e nas banheirinhas (de R$ 26,91 a R$ 730,55).

Leia mais no blog!

No total, a cesta de produtos mais cara custa 14 vezes mais que a mais barata.

Confira aí os preços mais baixos e mais altos encontrados pelo portal entre os mais buscados itens comprados para receber os pequerruchos no Brasil:

bebe-dormindo-com-gato

Doeu no bolso, foi? Conte a sua história:

gustavo.ferreira@estadao.com