As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como funciona a política para o salário mínimo?

Paulo Silvestre

15 de fevereiro de 2011 | 18h36

A disputa em torno do valor do salário mínimo parece não ter fim. Hoje, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, voltou a falar sobre o assunto e afirmou que o mínimo de R$ 600 teria um impacto de R$ 16,5 bilhões no Orçamento. Logo em seguida deputados do DEM criticaram o ministro: ‘O Mantega não convence ninguém. Até o Nelson Barbosa foi melhor. Ninguém consegue explicar para a gente porque não dá para subir um pouco mais’, disparou o líder do DEM, ACM Neto (BA). Veja mais aqui.

A discussão em torno do mínimo não vem de hoje. Reportagem publicada pela Reuters mostra que o salário mínimo foi criado em 1936 pelo presidente Getúlio Vargas (1930-1945 e 1951-1954) e passou a vigorar em 1940. Além disso, tradicionalmente, o salário mínimo era reajustado em maio, para coincidir com o Dia do Trabalho. No governo Lula, o pagamento do reajuste foi sendo adiantado paulatinamente até que, em 2010, chegou a janeiro.

Saiba mais sobre como funciona a política para o salário mínimo aqui.

Tudo o que sabemos sobre:

mantegamínimosalário mínimo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.