Natal 2019: quais presentes estão mais baratos

Natal 2019: quais presentes estão mais baratos

Quero mostrar que alguns presentes ficaram mais em conta em 2019. Para os amigos: marombeiros, vegetarianos, moradores de Ilha Bela, sogra, hipocondríaco e etc

Alexandre Cabral

24 de dezembro de 2019 | 08h15

Chegou o Natal e no que você pensa? Simone cantando “Então é Natal”, Especial Roberto Carlos na Globo (eu não perco por nada, acho bom demais, podem me chamar de brega), panetone (Senhor do Céu, quem criou isso? É ruim demais, não importa o tipo – com frutas secas ou chocolate). Isso, sem falar na maior praga de todo fim de ano: uva-passa! Só quero que alguém me mostre uma parte da Bíblia que fale de uvas-passas no Natal. Quem achar me manda aqui nos comentários, ou na minha página no Facebook (Alexandre Cabral), ou no meu Instagram @alexandrecabral71.

Mas não vim aqui para falar somente de lembranças. Quero mostrar que alguns presentes ficaram mais em conta em 2019. Detalhe: todos os dados usados neste texto são do IPCA-15, que foi divulgado nesta semana. O IPCA é uma inflação calculada e divulgada mensalmente pelo IBGE.

Foto: Luciana Carvalho – Revista Casa (08/12/18)

Se a pessoa for gordinha, poderia ganhar:

Abóbora (-2,47%) para fazer um doce; balas (-0,31%) e chocolate (-7,30%) para adoçar o final do ano; ou coentro (-11,20%), para aquele gordinho que pega mais pesado no rango. Pode até usar para fazer um chá. Minha avó sempre dizia que era bom para digestão e evitava ficar enjoadinho.

 

Para os marombeiros:

Um abacate (-1,53%) para fazer uma vitamina antes de malhar. Para quem quer se recuperar de um treino mais puxado, pode ser banana-maçã (-0,17%), apesar de que eu prefiro banana-prata. Ainda podemos montar uma salada de frutas com: mamão (-1,61%), pera (-3,62%) e goiaba (-2,64%).

 

Falso vegetariano

“Oi? O foi que você escreveu?”. Estou me referindo àquele seu amigo que se diz vegetariano, mas que come peixe, dizendo que “é carne branca e carne branca pode”. Esse tem alma de gordinho, mas quer ser cabeça. Vamos então dar peixe de presente para ele: anchova (-5,20%), corvina (-2,63%), vermelho (-5,91%), cação (-4,03%), merluza (-3,41%), e mais 4 outros tipos de peixe.

 

Para a sua sogra

Alugue um carro (-8,59%) para ela, encha o tanque de gasolina (-0,22%) e mande ela passear bem longe da sua casa.

 

Para a tia hipocondríaca.

Dê um vale “exame de laboratório” (-0,71%) e compre também um anti-inflamatório (-0,53%). Ou quem sabe um remédio para diminuir a pressão arterial, o hipotensor (-0,49%).

 

Para a patroa

Para ela andar bonitona, compre um vestido (-0,13%), uma blusa (-0,81%), uma bermuda (-0,68%), um par de sapatos (-0,89%), uma bolsa (-4,19%) ou uma bijuteria (-1,42%).

 

Para o marido

Pode dar um terno (-0,08%), óculos escuros (-3,60%), CD ou DVD (-2,10%).

 

Para sua filha

Se for criança, pode dar um conjunto infantil (-0,16%). Se for adolescente e já tiver um malandrinho querendo dar uns pegas, compre logo uma televisão (-14,16%) ou uma calça comprida (-0,07%). A calça vocês entenderam, né? A televisão é para eles ficarem na sala o tempo todo e você poder ficar vigiando o malandro.

 

E o que daria para o malandro?

Um colchão (-4,72%), para ele colocar à noite na sala e dormir longe do quarto dela.

 

E se a pessoa mora em Ilha Bela?

Dê um presente que ele vai amar: um mosquiteiro (-1,72%), para conseguir sobreviver à noite sem levar picadas de pernilongos e borrachudos.

 

 

Pessoal, esta foi uma maneira descontraída de mostrar a variação de preços em 2019. Sei que sempre vem a velha discussão: “a minha inflação não é essa não!”. Eu sei, não deve ser. Tudo vai depender de onde você mora, do seu padrão aquisitivo etc. O IPCA é uma média Brasil.

Para todos vocês, um excelente 2020, com muita saúde e amor. E que o Mengaozão ganhe mais títulos ainda!

Edição: Patrícia Monken

Tendências: